Comendo acarajé e outras delícias!!!!

Eu posso falar! eu tenho todo o conhecimento para dizer se um acarajé é bom ou não! Fui “sorotopolitana” por alguns anos… Morei ali com vista para o Farol da Barra, vi os primeiros trios elétricos saírem no Carnaval, cresci comendo acarajé na merenda (leia-se lanche da tarde) e bala é bombom. E amo demais tudo isso!!! Não pode ser qualquer acarajé para me convencer que é bom, tem que ser bem batido, azeite novo, camarão seco de qualidade e sem dúvida o vatapá tem que ser cremoso. Ohhh Delícia!!!

E foi assim que me aventurei a conhecer o acarajé do Dê! Faz tempo que escuto muito, e semana passada ele me telefonou me convidando para experimentar! Não exitei! Lá estava eu às 19h pronta para degustar o tal acarajé do Dê! Levei o Gianni, é claro!!! Ele é italiano, mas já comeu alguns acarajés pelas ruas e também virou  fã!

food03

A porção é linda! Com acarajés menores, são servidos como entrada no Restaurante, acompanha vatapá, camarão e caruru. Senti falta da saladinha de tomate. Eu não sou fã do caruru, mas posso dizer que esse estava muito bonito! Picadinho, verdinho e nada de gosma. Posso dizer que estava divino! A primeira garfada e me remeti a Bahia!!! Macio, leve (sim, é possível um acarajé leve), e saboroso! Realmente um excelente acarajé e deixa muitos no chinelos. Voltando a leveza, Dê explica que o segredo está na paciência em descascar todo o feijão para o preparo da massa, mas que muitos batem tudo junto e aí perde! Indico mil vezes e voltarei para comer muitas outras vezes.

E não poderia esquecer de um bom vinho para acompanhar!!! Lembra que comentei que o Amalaya harmonizava bem? Pois é, as castas Torrontés e Riesling deixava claro a possibilidade de pratos mais temperados, mas para não repetir o vinho, escolhi o Finca La Linda Torrontés, que apresenta ficha técnica com indicação para comidas chinesa, thai… Então resolvi arriscar!

food02

Mas a noite não ficou só por aí, ou melhor, não começou por aí! Antes do acarajé, Dê me apresentou um salmão servido com salada e tiras de parmesão – esqueci o nome . Muito saboroso! Leve e fresco. Excelente pedida para dias quentes. Também apreciamos com o vinho Finca  La Linda Torrontés, que suportou bem o prato que mesmo bem mais leve que o acarajé não se perdeu devido o salmão, que é um peixe de mais sabor, oleoso e peso.

food01

Não acabou por aí!!! A noite foi longa! rsrsrs… Mas vou contar em outro post!!!

Restaurante: Madeira Rosa – Av: Litorânea nr 400 Praia das Dunas Cabo Frio – Telefone para reservas 22 2645 6444

Vinho 01: Finca La Linda Torrontés / País: Argentina / Safra: 2013 / Produtor: Luigi Bosca / Importadora: Decanter Vinhos

 

 

Um comentário em “Comendo acarajé e outras delícias!!!!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.