Jerez Px é rapadura!

Descobri uma coisa semana passada… Entre muitas degustações de espumantes, vinhos, fortificados e licorosos, esse é o vinho que não posso deixar de comentar aqui no Las Chicas. O Px Jerez é rapadura! Já vou explicar!!!

Primeiro vou explicar o nome PX. Vamos lá, estamos falando do vinho fortificado Jerez ou Xerez ou Sherry produzido na Espanha, na região que leva o mesmo nome o vinho. O PX é uma abreviação do nome Pedro Ximenez, que é a casta do vinho do qual vou falar. É um vinho fortificado porque recebeu adição de aguardente vínica, mas também é considerado doce natural porque seu açúcar foi obtido de um mosto de uvas bem maduras e passificadas. Ou seja, pouca água e muita concentração de açúcar! Lembre-se da uva passa quando falo isso. Então o básico é isso para entender do tipo de vinho que estou falando…

JEREZPX 2

Foi uma grande surpresa ao colocar esse vinho na taça. Uma coloração bem escura, tipo café/marrom e muito espesso. A verdade é que parece uma calda de sorvete grossa e muito aromática. Na taça as lágrimas são extremamente lentas – quem quiser saber mais sobre lágrimas olha esse VÍDEO AQUI  rapidinho.  Acho que as lágrimas nem descem por completo e a taça permanece manchada pelo vinho. Todas essas características são adquiridas principalmente porque o vinho sofre uma oxidação enquanto está nas barricas amadurecendo.

JEREZPX 3

Os aromas e a boca são marcados por frutas passificadas, frutas em compota, figo, tâmaras e por fim, alguém na turma de degustadores “grita”: “Olha a rapadura!”. E não é que ele estava certo! O vinho é rapadura líquida! Não menosprezando a qualidade do vinho, e sim elevando o nosso produto brasileiro a categoria de aromas de um legítimo e delicioso Jerez PX. Que surpresa boa! Que qualidade de vinho! Indico à todos que pelo menos uma vez na vida experimentem esse vinho e percebam o quanto é diferente.

DICAS PARA APRECIAR UM JEREZ PX
  • Não beba demasiadamente desse vinho. É um vinho para apreciar uma pequena dose, como se fosse um vinho do porto.
  • Assim como muitos na Europa utilizam na sobremesa como uma calda. Harmoniza com chocolate amargo. Já quero tomá-lo novamente!
  • Se a ideia é para aperitivo, acho que como digestivo cai melhor, e aqui queijos azuis  é uma boa pedida.
  • E por último a temperatura. Sirva resfriado os mais jovens ou entre 12ºC – 14ºC. 

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.