Côte Rôtie, Hermitage e Shiraz comparando…

A Shiraz é a uva francesas – por lá chamada de Syrah – que invadiu o novo mundo. Mas mesmo sendo a mesma uva, ela adquire características diferentes de acordo com o terroir, o método de vinificação e até mesmo o tipo de clone da uva. Comparando essa uva em 3 regiões diferentes, Côte Rôtie, Hermitage e Shiraz do Novo Mundo vamos conseguir entender um pouco melhor essas diferenças.

  • Côte Rôtie – Um vinho com bastante caráter, e muitas vezes adicionado a casta branca Viogner que eleva a acidez e os aromas desse vinho.  Na cozinha a harmonização perfeita são pratos  com carnes assadas e caça principalmente se for um Côte Rôtie de guarda, pois esse pedirá pratos com condimentos e textura para aguentar o seu potencial. Sendo vinhos jovens a carne de porco vai muito bem em costelinha e vitela.
  • Hermitage – Um vinho condimentado, características de pimentas e taninos bem marcantes. Sem dúvida um dos Syrah (Shiraz) mais marcantes que podemos encontrar no mundo do vinho. Na cozinha a harmonização são pratos a base de carne mais uma vez, só que aqui a carne bovina será a estrela, e a gordura ajuda. Sendo assim, nada como uma manteiga com ervas, alho e mostarda. Queijos de massa dura também harmonizam muito bem.
  • Shiraz Novo Mundo –  Um vinho mais frutado, macio e delicado, em comparação ao Syrah francês de Côte Rôtie e Hermitage. Na cozinha a carne bovina volta a aparecer, assim como  um cordeiro. E se for um Syrah com guarda experimente degustá-lo com o Peru recheado de frutas. 

Eu gravei dois vídeos falando do Côtes du Rhone – a terra do Syrah. Falo  mais detalhes dessa casta nessa região e dos vinhos produzidos em cada sub-região. Explico também como é feito esse vinho com a Syrah e a Viognier (casta branca). Muito interessante!

E você pode gostar de ler esses textos aqui:

 

 

 

 

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.