Sirva uma taça e deixe a noite entrar…

A melhor taça? Aquele vinho que tem elegância nos aromas, pequenas frutas vermelhas, um leve toque de bosque, cogumelos e até mesmo uma sútil nota de baunilha. E aqui, a barrica tem que ser carvalho francês e teor alcoólico também não deve ser alto demais para não ofuscar toda a elegância do vinho.

Sem exageros, esse vinho deixa espaço entre um gole e outro para você pensar, meditar, escutar uma música em uma antiga vitrola…. Dê mais um gole e aprecie o vinho! A música indicada é Everybory Hurts R.E.M..

Quando seu dia é longo    – When your day is long 
E a noite  – And the night 
A noite é só sua  – The night is yours alone

Parece melancólico, mas quem não tem seus dias assim? A Pinot Noir é melancólica! Ela é a uva que briga por se manter única e exclusiva tinta em uma das regiões mais tradicionais da França por séculos, carrega o peso de ser excessivamente leve, sem taninos e julgada constantemente por todos. É uma guerreira em tempos de vinhos tão pesados, alcóolicos e sem expressão natural.

Ahhhh Pinot Noir! Essa é a uva para esses momentos. Com suas raízes profundas, o   terroir é expressivo, sem excessos de madeira, taninos mais baixos e elegantes. Exatamente a delicadeza de um tinto que precisamos para essa noite. Apreciada por poucos, porém com uma boa percepção e muita bagagem de taças, conseguimos entender o que essa uva traz para a taça através da terra, do ar e das mãos do seu produtor.

Indico abaixo algumas opções para quem quiser se aprofundar nesse momento. E não esqueçam de ligar o som e relaxar!

  • TERRANOBLE GRAN RESERVA PINOT NOIR – CHILE
  • VILLARD LE PINOT NOIR GRAND VIN – CHILE
  • ARROGANT FROG PINOT NOIR – FRANÇA
  • FRANÇOIS LABET PINOT NOIR VDP L’ÎLE DE BEAUTÉ – FRANÇA
  • MEURGEY-CROSES BOURGOGNE PINOT NOIR – FRANÇA
  • ARMANI PINOT NERO – ITÁLIA

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.