Mais um capítulo da minha viagem ao Chile. Dessa vez, vamos falar da colheita na Villard, uma vinícola localizada em Casablanca, região propícia para uvas como Chardonnay, Syrah, Sauvignon Blanc e Pinot Noir. E foi justamente essa última uva a ser a primeira na colheita de 2016.

A Villard é um vinícola que eu trabalho desde que a Emporio Portofino começou a parceria com a Decanter Importadora, posso dizer que há 15 anos?! E eles já percorreram muitos caminhos ao longos desses anos, como por exemplo os tintos do Maipo, que já postei no meu Instragram tempos atrás… Mas sem dúvida é em Casablanca que se encontram melhor! Com o toque francês, os vinhos chilenos da Villard são exemplos de alta qualidade do que se produz no Novo Mundo. Todo o controle no plantio, na colheita, na vinificação e sem excessos de carvalho fazem com que os vinhos Villard ganhem prêmios internacionais. E sem dúvida um dos melhores Pinot Noir do Chile. Ok, os Syrah deles também são maravilhosos, e na minha escala pessoal fica depois do Pinot Noir, exceto pelo poderoso Tanagra que já falei nesse post aqui.

Nova Imagem

Mas vamos falar da colheita! Afinal esse é o tema desse post. Aproveitei que estava em Santiago justamente quando começavam as colheitas e fui participar do primeiro dia a convite do Charlie – Leia-se: Eu mesma me ofereci e ele aceitou a oferta! – Como não estava programado, as imagens fiz somente com o Iphone e por isso fico devendo um pouco na qualidade, mas a beleza do local é tão grande que esses detalhes passam despercebidos.

villard02

Assistam só o vídeo com os melhores momentos desse dia…

Agradeço ao Charlie Villard pelo maravilhoso dia! E desejo uma excelente colheita que ainda tem muitas semanas pela frente…