A harmonização é um tema que sempre temos dúvidas… Será que fica bom esse prato com tal vinho? Até mesmo entre os profissionais todos os dias enfrentamos barreiras entre a criatividade de pratos “exóticos” e vinhos “tradicionais”.

Hoje o prato não é exótico, na verdade um clássico italiano apreciado por muitos, estou falando do delicioso risoto de aspargos. Então o meu trabalho parece simples: harmonizar risoto e vinho! Ufa! Mas espera aí! Não é esse tal de aspargos que eu falei no vídeo de UMAMI que é difícil de harmonizar?! É ele mesmo! E o jeito foi pensar bem na escolha do vinho.

O aspargos não é um amigo do vinho, e sempre que colocamos ele na mesa junto com um vinho devemos prestar atenção. Como era uma noite fresquinha e não queríamos ficar em um branco fresco, mineral e herbáceo – seria uma boa pedida também – eu optei por arriscar um rosé. E foi um espanhol de cor bem clara a escolha perfeita!

O Viñas del Vero Rosado Pinot Noir foi o vinho da noite! E o que podemos falar do vinho? Um vinho fresco, elegante e fácil de beber, chega a ser discreto na boca, o que é perfeito para harmonizar com o risoto de aspargos. Assim como casaria muito bem com peixes crus, lulas, cogumelos e carpaccio. Gostei da escolha do vinho!

O risoto era um clássico prato de UMAMI! Por isso a escolha de um vinho não muito impactante. Não só pelos aspargos que já falamos bastante, mas também pelo queijo parmesão que é bem curado. São alimentos de difícil harmonização e devemos prestar bastante atenção na escolha do vinho.

Quer aprender a receita desse prato? Clique no PLAY!

 

Quer aprender um pouco mais sobre UMAMI? Clica no PLAY!