Petiscos e dois vinhos em uma degustação com amigas…

Depois de tantos dias viajando, eu preciso atualizar os “recebidos” e obviamente degustá-los para passar minha opinião a todos. Dessa vez, optei por convidar duas amigas, sendo assim abrimos duas garrafas para apreciarmos juntas e analisarmos enquanto preparei uns petiscos para acompanhar.

Pinha Dão DOC 2016

O primeiro vinho escolhido foi o Português Ribeiro Santo Pinha Dão DOC – um clássico vinho do Dão posso afirmar! Produzido com as castas Touriga Nacional, Afrocheiro e Tinta Roriz e sem estágio na madeira. Só de abrir a garrafa e tirar as primeiras notas olfativas já se percebe notas de frutas silvestres, algo de vegetação e frescor moderado. Na boca é bem equilibrado! A acidez que é comum em vinhos dessa região aparece de forma bem educada, assim como os taninos. As três presente gostaram do vinho, e não é papo de post! Eu registrei a opinião de cada uma no Stories do Instagram no dia da degustação – Instagram: @marciaanholeti.

A harmonização é bem eclética! Diria que de pratos com carnes assadas e batatas a um simples petisco com variações de temperos como salames, queijos e pimentões assados.

Finalizo que a garrafa terminou rápido! Um vinho fácil de agradar mesmo. E como disse minha amiga, suave! Mas não suave de doce, suave de macio e equilibrado na boca.

Haras de Pirque Reserva de Propriedad 2016

O segundo vinho passamos para algo mais estruturado. Saímos do velho mundo e paramos no Chile. O escolhido foi o Haras de Pirque Reserva, com um clássico blend chileno – 65% Carmenére, 25% Cabernet Sauvignon e 10% de Cabernet Franc. A maciez da Carmnerére proporciona um vinho bem mais fácil de se apreciar, e a CS coloca um pouco de estrutura ao vinho, assim com a CF acrescenta excelente aroma ao vinho sempre.

Esse vinho é proveniente de uma das regiões mais tradicionais, Valle del Maipo, que está localizada entre tantas barreiras naturais que é possível uma produção orgânica seguindo as tendências do momento. A amplitude térmica também facilita uma excelente maturação da uva e o resultado é um vinho macio e equilibrado. Lembrando que passou por um estágio em barricas francesas que sempre trás ao vinho mais características agradáveis quando bem trabalhado.

Sem dúvida as meninas começaram com aromas de frutas vermelhas bem maduras, que gritam na taça! Logo eu senti o mentolado e ervas bem presente ao abrir mais o vinho na minha taça. Na boca é suculento, vinho para refeição.

Na harmonização não poderia ser mais completo. Entre carnes, massas e risotos e por fim queijos curados, que foi exatamente o que preparei para acompanhar.

Esses foram os dois vinhos que a WINE BRANDS BRASIL me enviou nas últimas semanas e tive o prazer de degustar com minhas amigas. Você encontra no site da importadora esses vinhos a venda.

 

 

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.